Featured Posts

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Como arrumar uma mesa de jantar




Se há uma dúvida que ainda persegue muitas pessoas é: como usar os talheres num jantar?
É sinônimo de etiqueta e organização saber posicionar talheres e copos à mesa. Os objetos variam em tamanhos e formas, cada um com finalidade específica. Para deixar a mesa mais bonita e descomplicar na hora da refeição você pode seguir uma ordem de colocação. Veja qual é e aprenda a fazer o manuseio correto dos talheres.


  • a. Prato de Serviço (base): prato maior, também conhecido como base, que serve para colocar o primeiro prato.
  • b. Prato da manteiga: é colocado acima dos garfos, e ao lado esquerdo da disposição dos pratos.
  • c. Garfo de jantar: o maior dos garfos, também chamado garfo de carne, é colocado ao lado esquerdo do prato. Outros garfos menores para outros pratos são colocados à esquerda ou à direita do garfo de jantar.
  • d. Garfo de peixe: Se existe um prato de peixe no menu, este garfo é colocado ao lado esquerdo do garfo de jantar, pois será o primeiro a ser usado.
  • e. Garfo de salada: Se for servida salada depois do prato de carne, o pequeno garfo da salada é colocado ao lado direito do garfo de jantar. Se a salada for servida primeiro, então os garfos terão de ser colocados (da esquerda para a direita): garfo de salada, garfo de peixe, garfo de jantar.
  • f. Faca de jantar: A faca maior, ou faca de carne, que deve ser colocada ao lado direito do prato de serviço.
  • g. Faca de peixe: faca de formato especial que fica ao lado direito da faca de jantar.
  • i. Colher da sopa: colocada ao lado direito das facas.
  • j. Garfo de ostras: Se existir marisco no menu, o garfo de ostra será colocado ao lado direito das colheres.
  • k. Faca da manteiga: deve ser colocado diagonalmente, no topo do prato da manteiga, com a lâmina voltada para baixo.
  • l. Copos: podem ser até cinco, colocados de maneira que os menores fiquem à frente. O copo da água é colocado acima das facas; ao lado coloca-se o copo de champanhe; em frente o copo de vinho tinto e/ou vinho branco e um copo de porto.
  • m. Guardanapo: é colocado em cima do prato base, ou no espaço reservado ao prato.


Aqui no nosso brechó, você encontra lindos faqueiros vintage para arrumar sua mesa de jantar.
Faqueiro em Vermeill -bambu-Anos 70/80
Perfeito estado de conservação 
Acondicionado no estojo original
<< Compre aqui >>

Faqueiro De Prata Rádio - década De 30/40




Brechó Charisma-Faqueiro de inox Hercules - no estojo
<< Compre aqui >>

Faqueiro De Prata Fracalanza-art Nouveau

Jogo De Taças Em Cristal E Ouro - Anos 80
















terça-feira, 24 de outubro de 2017

As lindas cores da tapeçaria de Eila Ampula

Se você é amante de arte e vai visitar Penedo, é imperativo passar pela Travessa da Galeria. Ela guarda as lindas obras da artista plástica Eila Ampula. 

Eila Ampula

Eila, finlandesa que veio bem jovem ao Brasil, era uma artista multitalentosa. Mas ficou primariamente conhecida pela tecelagem e seus belíssimos tapetes coloridos.


Além das cenas do cotidiano, Eila também gostava de retratar a natureza em tapetes com traços marcantes e precisos.


Aqui no nosso brechó você pode adquirir 3 peças lindas dessa icônica artista:
Papagaio
80,0cms x 29,0cms
<< COMPRE AQUI >>

Pescadores
1,70cms larg x 1,22cms alt
<< COMPRE AQUI >>

Flores
1,30cms comp x 1,05 cms larg
<< COMPRE AQUI >>







segunda-feira, 23 de outubro de 2017

A utilização do bronze nas esculturas

A escultura é considerada a quarta das artes plásticas e tem como berço ocidental a Grécia. Muitos são os materiais utilizados para a arte de esculpir: argila, madeiras, pedras e metais, como o bronze.
<< Compre aqui >>

O bronze é uma liga metálica constituída de cobre, estanho e chumbo. O material é utilizado na fabricação de vários objetos, entre eles peças de decoração, como esta rara escultura Art Nouveau com relógio.
<< Compre aqui >>


Devido a sua resistência e ductilidade, o bronze é o metal mais utilizado para esculturas. Sua descoberta trouxe aos escultores a possibilidade de imprimir mais ação às figuras.
<< Compre aqui >>

Os egípcios fizeram pequenas estátuas de bronze em larga escala, porém foram os gregos os pioneiros na produção de estátuas em tamanhos maiores. O metal também esteve presente na produção de esculturas em vários movimentos artísticos, como o Renascimento e a Arte Nouveau.
<< Compre aqui >>


Se você deseja enriquecer sua decoração com peças clássicas nesse surpreendente metal, visite o Brechó Charisma e conheça nosso acervo!