quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Dia de São Sebastião - parabéns cidade do Rio de Janeiro


São Sebastião nasceu na Itália e pertencenteu a uma família cristã. Mais tarde, tomou a decisão de fazer parte do exército romano e chegou a ser considerado um dos oficiais prediletos do Imperador Diocleciano.

Contudo, nunca deixou de ser um cristão convicto e ativo.

Em certa ocasião, Sebastião foi denunciado, pois estava contrariando o seu dever de oficial da lei.

O imperador se queixou dizendo que ele o havia traído.

Diante do Imperador, Sebastião não negou a sua fé e foi condenado à morte, sem direito à apelação.

Amarrado a um tronco, foi varado por flechas e deixado lá. Mais tarde, uma viúva, chamada Irene, retirou as flechas do peito de Sebastião e o tratou.


Assim que se recuperou, demonstrando muita coragem, se apresentou novamente diante do Imperador, censurando-o pelas injustiças cometidas contra os cristãos, acusando-o de inimigo do Estado. Perplexo com tamanha ousadia, Diocleciano ordenou que os guardas o açoitassem até a morte. O fato ocorreu no dia 20 de janeiro de 288.

No Brasil, reza a lenda que, na batalha final contra os franceses que ocupavam o Rio, São Sebastião foi visto de espada na mão entre os portugueses, mamelucos e índios. Além disso, o dia da batalha coincidiu com o dia do santo, celebrado em 20 de janeiro.

São Sebastião é o protetor da Humanidade contra a fome, a peste e a guerra. E tornou-se o padroeiro da cidade do Rio de Janeiro.


Em clima de festa, aproveitem nossa coleção de souvenirs cariocas, mostrando o que há de melhor nessa cidade maravilhosa :)


Asa de Borboleta -Preço sob consulta - VENDIDO

 
Pingente em asa de borboleta anos 50 - VENDIDO

 
Porta-jóias 2 andares com divisorias internas em Marqueterie - VENDIDO

0 comentários:

Postar um comentário

0 comentários:

Postar um comentário