terça-feira, 13 de abril de 2010

Um homem chamado Rondon



O Arquivo Nacional inaugurou a exposição "Um Homem Chamado Rondon", com o objetivo de mostrar ao povo brasileiro, no ano em que se comemora o centenário de fundação do Serviço de Proteção aos Índios (SPI), a história da vida de Cândido Mariano da Silva Rondon, o Patrono das Comunicações.



São fotos originais (1880-1958), textos, maquetes, projeções, vitrines, painéis, objetos pessoais, livros raros e cartas, na parte biográfica.



E o Brechó Charisma está participando!


Nós cedemos um mata borrao e um porta tinteiro para uma parte da exposição onde são recriados ambientes e situações, em tamanho real, de exatamente como Rondon fazia entre o fim do século XIX e início do XX.        
                                       
A exposição, produzida pela Memória Civelli Produções Culturais e Arquivo Nacional, com patrocínio da Oi e apoio cultural do Oi Futuro, estará aberta ao público do dia 13/04 até 14/05, de segunda a sexta, das 9h às 17h e sábados, das 10h às 16h, com entrada franca.

O Arquivo Nacional fica na Praça da República, 173 - Rio de Janeiro, RJ.

A peça da foto é um tinteiro de cristal com tampa de metal no valor de valor:R$ 54,00. Precisa apenas dar um banho de prata na tampa.

0 comentários:

Postar um comentário

0 comentários:

Postar um comentário