segunda-feira, 16 de abril de 2012

Uma máquina de escrever


A primeira patente para uma máquina de escrever foi concedida na Inglaterra para Henry Mills em 1713. porém, a primeira máquina a ser realmente produzida em série e utilizada em diversos escritórios foi, sem dúvida, a Skrivekugle, ou Malling Hansen. Foi inventada e desenvolvida pelo Pastor Johan Rasmus Malling Hansen, da Dinamarca, diretor do Instituto Para Cegos e Surdos de Copenhagen.


Em sua fase áurea, entre 1930 e 1990, as máquinas de escrever eram presença obrigatória nos escritórios e na administração das empresas, bem como companheira inseparável dos autores e escritores de todo o mundo. Com a era do universo digital, as máquinas de escrever tentaram se encaixar na globalização, mas a informática acabou tomando conta do mundo da escrita. Mesmo assim, há quem defenda o uso da maquina de escrever e não troque esse modelo por nada.


Decorativa, pequena, charmosa, ideal para colecionadores e/ou aficcionados por escrita, essa bela peça da década de 60 é extremamente decorativa e perfeita para colecionadores.

VENDIDA

Acompanha estojo que a transforma em uma maleta fácil de carregar. Seu nome vem do Deus mensageiro Hermes e faz jus a ele, pois antigamente era a maneira mais utilizada para comunicação.



Medidas: 29 larg. x 32 comp. x 8 alt. cm.
R$ 110,00

Complete sua coleção! Leve já pra casa essa linda máquina de escrever e relembre os bons tempos.

0 comentários:

Postar um comentário

0 comentários:

Postar um comentário